Após lancha virar, agente da Polícia Federal desaparece no Rio Negro

Por

06/03/2015 19h48 — em Amazonas

Um agente da Polícia Federal identificado apenas pelo nome de Roberval, está desaparecido desde a noite desta quinta-feira, 05, nas águas do Rio Negro, onde uma lancha em que se encontrava afundou com mais cinco pessoas à bordo em frente a cidade de São Gabriel da Cachoeira (AM).

A lancha, que é de propriedade da Polícia Militar do Amazonas, retornava de uma festa de confraternização na Ilha do Sol e dos Reis, localizada nas proximidades da cidade.

O capitão PM Yuri, subcomandante da Companhia Independente da PM, em São Gabriel da Cachoeira, assim como o major Glaubo, a advogada Suely Ambrósio, a escrivã do cartório Gecila Machado, a empresária Karina Tavares e o prático da embarcação, foram resgatados por pescadores locais.

Uma força tarefa com homens da Polícia Militar e Civil, Exército e Marinha foi montada em São Gabriel da Cachoeira para tentar resgatar o agente da Polícia Federal, que está desaparecido. A voadeira da PM, onde estavam os ocupantes, foi encontrada distante da ilha cerca de 5 km.

+ Amazonas