Começa a vacinação, mas a crise na saúde continua

Por Portal do Holanda

18/01/2021 21h25 — em De olho na Política

Wilson Lima deve abrir a vacinação em Manaus nesta terça-feira. Porém, a vacina ainda não é a solução para a crise na saúde no Amazonas. A transferência de 235 doentes será para unidades de saúde de outros estados e do DF, deixa o governo em dívida com a população, por falta de ação e competência.

 

O tiro no pé de Pazuello

Numa guerra militar, a logística do general Pazuello teria levado seu exército à derrota. Sem avisar os governadores, o MS mudou horários dos voos e deixou “todo mundo esperando’ nos aeroportos. A mobilização na maioria dos estados foi em vão; e mais uma vez, o início da vacinação foi atrasado.

"Não explicaram nada. Simplesmente avisaram em cima da hora. Problema de logística.” O lamento do governador de Sergipe, Belivaldo Chagas, reflete o descontrole do MS em Brasília.

 

Vacinação no Amazonas

Com as doses da vacina Coronavac enviadas para o Amazonas, a 1ª vacinação do 1º grupo prioritário estará garantida. Mas a preocupação dos profissionais de saúde é com os demais grupos e a 2ª aplicação, dentro de 14 dias após a primeira. Dependerá de China e Anvisa ‘destravarem’ os controles. 

Se para Manaus o envio das vacinas atrasou, nos municípios mais distantes do interior as doses só irão chegar no final da semana. Nas fronteiras a previsão é de três dias para chegar. Agora é esperar...

 

O jeitinho Bolsonaro

Após uma breve mudez por conta da derrota humilhante no caso das vacinas, Bolsonaro voltou à carga com as velhas ameaças militaristas. Insensível à dor e sofrimento de milhares de brasileiros, ele, que deveria estar à frente das ações, faz ameaça ao povo que se manifestou contra a sua incompetência.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ De olho na Política