A chegada da vacina e a falta de transparência no Amazonas

Por Portal do Holanda

24/01/2021 20h47 — em De olho na Política

A partir de hoje a vacinação em Manaus recomeça com 176,5 mil doses a mais à disposição dos órgãos de saúde. Até agora, o governador e o prefeito não souberam explicar o que aconteceu com a primeira remessa de 283.320 doses, que dariam para vacinar todo o primeiro grupo prioritário.

Com a missão de ‘limpar’ o nome das trapalhadas que fez, o ministro Pazuello veio a Manaus trazer as vacinas e acompanhar a vacinação. Mas a segunda remessa precisa ser detalhada para evitar suspeitas.

Os discursos continuam nebulosos e messiânicos, enquanto a transparência prometida pelos dois gestores continua ‘manchada’ pela falta de informações precisas sobre o destino real das vacinas.

 

Volta às aulas

Por falta de planejamento eficaz do governo, a ação dos órgãos de controle e fiscalização intensificam a cada dia, para evitar o agravamento da crise sanitária no Estado. A abertura do ano escolar normal está sob pressão do MP para que seja adiado, até que haja vacinação dos profissionais da educação. 

 

Auxílio Manauara

O prefeito David Almeida vai enviar nesta semana, a mensagem de criação do Programa Auxílio Manauara, para a CMM. A proposta da prefeitura de pagar, durante seis meses, R$ 200 para 40 mil famílias de baixa renda, já tem um deputado e vários vereadores querendo aumentar para 300.

 

Hospitais lotados

A lotação total das UTIs nos hospitais de Manaus por conta da Covid-19, está causando a desvalorização cruel e desumana da vida. No sábado, a família de um paciente em coma diabético denunciou que, embora possua plano de saúde, foi rejeitado na Clínica Check-up por não ter R$ 100 mil para a caução.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ De olho na Política