Siga o Portal do Holanda

SSP se pronuncia

Mulher morre com suspeita de coronavírus e família acusa IML de não remover corpo em Manaus

Publicado

em

Foto: Portal do Holanda / Caio Guarlotte Foto: Portal do Holanda / Caio Guarlotte
Foto: Portal do Holanda / Caio Guarlotte

Sociedade precisa reagir à censura na internet


Manaus/AM - Uma mulher identificada como Maria Rita Nascimento da Silva, 55, foi encontrada morta na manhã deste domingo (5), dentro da kitnet onde morava, na rua São Vicente, bairro Educandos.

Segundo a polícia militar, familiares e o dono da kitnet onde Rita morava disseram que ela teria procurado duas vezes o SPA da zona Sul com sintomas de coronavírus.

Familiares dizem ainda que o Instituto Médico Legal não quer remover o corpo da vítima do local. Ainda não há confirmações se a vítima morreu devido ao coronavírus.

Em nota, a Secretaria de Segurança Pública informou que: "O Instituto Médico Legal do Amazonas (IML) esclarece que é responsável por atuar na remoção e laudo de mortes acidentais ou violentas não sendo sua competência o atendimento, remoção ou laudo em casos de mortes de causas naturais. 

Nas situações de mortes naturais, ocorridas em domicílio, o familiar ou responsável pelo morto deve buscar a unidade de saúde mais próxima para que um médico faça o atendimento e a emissão do atestado de óbito".




Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.