Siga o Portal do Holanda

Para evitar rebeliões

Seap decide suspender visitas no Natal e Ano Novo em presídios de Manaus

Publicado

em

Foto: Pedro Braga Júnior/Portal do Holanda

Manaus/AM - Detentos das unidade prisionais da capital não devem receber a tradicional visita dos familiares no Natal e Ano Novo este ano. A decisão partiu da Secretaria Estadual de Administração Penitenciária (Seap) como  forma de evitar qualquer tipo de movimentação anormal como rebeliões ou novos ataques como o que aconteceu no dia 1º de janeiro de 2017, quando 58 detentos morreram no Complexo Anísio Jobim (Compaj).

Desde a morte de um agente penitenciário Alexandre Rodrigues Galvão, 37, dentro do Compaj, os internos permanecem 24h nas celas como forma de punição pelo crime.

A Justiça já liberou a volta do parlatório que é a conversa entre detento e advogado. que também havia sido suspenso após o assassinato de Alexandro, mas prefere não arriscar a segurança no local e por isso, decidiu pela suspensão das visitas.

A Seap também afirmou no período das festa de fim de ano a segurança será reforçada tanto dentro dos presídios quanto nos arredores.

Moro é vitima a um só tempo da verdade e da vaidade excessiva

Para compartilhar esteconteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.