Siga o Portal do Holanda

Mundo

Demissão do fundador do "Facebook russo" é finalmente aceita

Publicado

em

Impeachment e jogo de poder



afp.com / OLGA MALTSEVA

 

Moscou (AFP) - A principal rede social russa, a VKontakte (VK), aceitou nesta segunda-feira a demissão de seu fundador Pavel Dourov, que havia dito que o anúncio a este respeito feito em 1º de abril era "uma brincadeira".

O fundador apresentou seu pedido de demissão em 21 de março e, por conta disso, "a autoridade de Dourov enquanto diretor-geral acabou", anunciou o serviço de imprensa da companhia.

A rede social russa, que supera na antiga URSS o Facebook americano com mais de 100 milhões de usuários, vive há meses um conflito entre seu fundador, apoiado pelo Mail.ru, e o fundo de investimento United Capital Partners fundo (UCP) , que possui os 48% restantes da companhia.

O UCP acusa Durov de ter utilizado os recursos da VK para criar um aplicativo de mensagens instantâneas, Telegram, independente da rede social, que foi um sucesso retumbante.

Muitas vezes comparado ao fundador do Facebook, Mark Zuckerberg, Durov criou a rede quando saiu da Universidade de São Petersburgo em 2006.

Ele deixou em janeiro o capital da empresa, vendendo sua participação de 12% ao CEO da operadora de telefonia móvel MegaFon, mas permaneceu como diretor-geral da rede. Ele teria recebido mais de 400 milhões de dólares pela venda das ações, que foram posteriormente adquiridas em meados de março pela mail.ru.

A VK detém uma parte considerável do mercado na Rússia, estimada pelo banco Barclays em 40%, contra apenas 25% para o Facebook.

 



Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.