Siga o Portal do Holanda

Brasil

Menina de 13 anos é vítima de estupro coletivo, e tia está entre os suspeitos

Publicado

em

Uma menina de 13 anos foi vítima de estupro coletivo na cidade de Adrianópolis, região metropolitana de Curitiba (PR). O crime aconteceu na madrugada de terça-feira (21), numa localidade denominada Vila Bela. Entre os cinco suspeitos presos, está a tia da vítima.

A menina procurou a polícia para denunciar os cinco suspeitos. Segundo a Polícia Civil, a adolescente foi drogada e embriagada contra a vontade por quatro homens. Todos eles já foram presos e estão na delegacia de Bocaiuva do Sul.

Uma mulher de 21 anos, que é tia da vítima, também foi presa. De acordo com a Polícia, ela estava junto a garota. A mulher afirmou à polícia que estava dormindo na hora do crime e que não teria visto nada.

As informações foram confirmadas pelo delegado Mário Sérgio Braddock, titular da delegacia de Bocaiuva do Sul.— Eles estavam bebendo e decidiram ir para a casa de um dos

suspeitos. Chegando lá, fizeram uso de cocaína e abusaram da adolescente, enquanto ela estava drogada. A tia estava junto e era responsável pela menina. As informações foram confirmadas pelo delegado Mário Sérgio Braddock, titular da delegacia de Bocaiuva do Sul.

— Eles estavam bebendo e decidiram ir para a casa de um dos suspeitos. Chegando lá, fizeram uso de cocaína e abusaram da adolescente enquanto ela estava drogada. A tia estava junto e era responsável pela menina.

Em depoimento, a mãe da vítima disse que a menor não soube precisar quantos tiveram relações sexuais com ela, pois estava drogada. Na casa, foram encontrados diversos preservativos usados.

A adolescente apenas relatou que acordou no dia seguinte nua na casa de um dos presos, e sua tia não estava mais no local. Exames do IML (Instituto Médico Legal) confirmaram a violência sexual. Porém, os suspeitos negam. Os suspeitos farão exame de DNA para comprovar se os sêmens deles estavam nas camisinhas. Tudo aconteceu na casa de Darcy Ribeiro Galvão (foto), de 66 anos.

Arthur de Ramos Almeida, de 20 anos, e Mizael da Borba, de 21, disseram que estavam com a menina, mas que foram embora na madrugada.

Já Benito Santos Dantas, de 26 anos, confirmou que dormiu com a menina, sem fazer sexo com ela. Os cinco suspeitos foram presos em flagrante por estupro de vulnerável, tráfico de drogas, corrupção de menor, associação ao crime e fornecer bebida alcoólica a menor de idade.

 

10 mil novos servidores vão entrar no governo pela porta dos fundos

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.