Compartilhe este texto

Petição para tirar Amber Heard de 'Aquaman 2' bate 4,4 milhões de assinaturas

Por Folha de São Paulo / Portal do Holanda

01/06/2022 15h37 — em
Cinema


Foto: Divulgação / Atriz dá vida a princesa Mera

SÃO PAULO, SP (FOLHAPRESS) - A petição online que pede que a atriz Amber Heard, 36, seja retirada do filme "Aquaman 2", que deve ser lançado em 2023, bateu 4,4 milhões de assinaturas nesta quarta-feira (1º), dia em que o júri do processo movido por Johnny Depp, 58, chegou ao veredito.

Segundo o site TMZ, se a petição alcançar os 4,5 milhões de assinaturas, ela se tornará uma das mais assinadas da história do site Change.org. No abaixo-assinado, fãs de Depp pedem para a DC e Warner Bros que a artista seja retirada do elenco na sequência do filme do herói aquático.

Heard estrelou o primeiro filme, em 2018, como a princesa Mera, ao lado de Jason Momoa e Nicole Kidman. Para eles, a atriz deve ter o mesmo destino de Depp, dispensado pela Disney em seu papel como o Capitão Jack Sparrow no sexto filme de "Piratas do Caribe", após Heard escrever o artigo para o Washington Post, em 2018, se descrevendo como uma "figura pública que representa abuso doméstico".

O processo chega ao fim nesta quarta, após quase seis semanas de batalha judicial televisionada. No julgamento, o ator pede US$ 50 milhões, cerca de R$ 237 milhões, para Heard por um artigo de opinião que a atriz publicou um editorial para o jornal The Washington Post, em dezembro de 2018, no qual ela se descreve como uma "figura pública que representa o abuso doméstico".

Já Heard pede US$ 100 milhões, cerca de R$ 475 milhões, em sua contra-acusação, alegando ter sofrido "violência física e abuso desenfreados". Os dois começaram a namorar em 2011, se casaram em 2015 e no ano seguinte deram entrada no pedido de divórcio, finalizado apenas no ano de 2017.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Cinema

+ Cinema