Filme mostra romance gay entre dois soldados de "Star Wars"

Por

08/07/2014 9h34 — em Famosos & TV

O Rio Festival Gay de Cinema começou na última quinta e tem em sua programação uma competição de filmes de curta metragem que traz pérolas como "Love Wars". Dirigido pelo espanhol Vicente Bonet, o filme mostra o encontro amoroso entre dois Stormtroopers, guardas imperiais do filme "Star Wars", em um cubículo escondido da Estrela da Morte. Durante a conversa, os dois discutem sua relação. Um quer assumir o romance para todos, o outro acha que não tem de revelar sua sexualidade. Além disso, o filme discute a situação política na Espanha, fazendo analogias com os rebeldes que, no filme, lutam contra o domínio do império liderado por Darth Vader.

Em entrevista ao site UOL, o diretor disse ter escolhido o universo da saga criada por Geroge Lucas devido à familiaridade com que o público em geral tem com esse universo. Dentro desta discussão, claramente a discussão se polariza entre o gay libertário e gay conservador.

"Bem, nós queríamos refletir sobre essas duas visões opostas. Ainda há muitas pessoas que, apesar de serem gays, ainda são muito conservadoras, o que acaba limitando seus relacionamentos. Gostaríamos muito que o curta pudesse levar essas pessoas a terem consciência sobre fato e repensassem suas atitudes conservadoras."

Bonet conta ainda que não teve qualquer problema em fazer uma adaptação da franquia, utilizando-se de elementos visuais muito característicos da saga.

"Na verdade, o curta é uma paródia do universo 'Star Wars', o que é uma prática comum, especialmente no mundo do terror. Neste sentido, nossa adaptação tem como objetivo apenas refletir o estilo que caracterizou os filmes para contar outra história, distante da principal mensagem da obra de Lucas."