SP promove dia v de vacinação contra a covid-19 e outras doenças neste sábado

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

16/10/2021 12h00 — em Brasil

O Governo de São Paulo realiza, neste sábado, 16, o dia V de vacinação para aplicar a segunda dose e a dose de reforço contra a covid-19, além de atualizar as carteiras de vacinação de crianças e adolescentes. Mais de 5 mil postos de saúde em todos os 645 municípios do Estado vão funcionar até as 19 horas para atender o público-alvo da campanha.

De acordo com a Secretaria de Estado de Saúde, há 4,1 milhões de pessoas com a segunda dose da vacina contra a covid-19 atrasada em São Paulo. Entre elas, estão 2,1 milhões que precisam concluir esquemas vacinais com doses da Pfizer - o intervalo entre a aplicação da primeira e da segunda dose foi reduzido de 12 para oito semanas. As demais têm de receber a segunda dose da Coronavac e da Astrazeneca.

"O foco dessa vacinação é na segunda dose que está atrasada, tanto para os adultos como para os adolescentes", destaca a coordenadora geral do Plano Estadual de Imunização (PEI), Regiane de Paula. Idosos e profissionais de saúde que tomaram a segunda dose até o mês de abril também podem participar do Dia V neste sábado para receber a dose de reforço.

Multivacinação

A atualização das carteirinhas de vacinação também ocorre neste sábado e oferece 16 tipos de vacinas que protegem contra cerca de 20 doenças. Crianças e adolescentes de 0 a 15 anos podem receber doses de BCG, hepatites A e B, poliomielite, rotavírus, pentavalente (DTP+Hib+HB), pneumocócica, meningocócicas C e ACWY, febre amarela, sarampo, caxumba, rubéola, varicela, HPV, difteria e tétano.

Crianças e adolescentes precisam estar acompanhados de um familiar ou responsável, além de apresentar um documento com foto. Em caso de falta da carteira de vacinação, só a documentação é suficiente para garantir o recebimento da vacina.

A recomendação da Secretaria Municipal de Saúde da cidade de São Paulo é que o público-alvo da campanha procure os postos de saúde da capital mesmo se a caderneta de vacinação já estiver completa, pois, em alguns casos, é necessária atualização de doses recebidas há muito tempo.

No último Dia V, realizado pela Saúde do Estado no dia 1º de outubro, 60% das crianças e adolescentes que compareceram aos postos de vacinação estavam com alguma dose de vacina atrasada.

Adolescentes com mais de 12 anos que tenham se vacinado contra a covid-19 com doses da Pfizer não precisam aguardar o intervalo de 14 dias para receber outra dose contemplada na campanha de multivacinação.

O Dia V de multivacinação acontece em 469 Unidades Básicas de Saúde (UBSs) e 82 AMAs/UBSs Integradas. Os endereços podem ser conferidos neste site.

Queda da cobertura vacinal

Outro objetivo da campanha é aumentar a cobertura vacinal dessa população com as doses oferecidas gratuitamente pelo Programa Nacional de Imunizações (PNI). Os porcentuais têm apresentado queda nos últimos anos. Em setembro do ano passado, o Estadão mostrou que o Brasil registrou os piores índices de cobertura da série histórica nas principais vacinas no ano de 2019, caso do imunizante contra a tuberculose (BCG), cujo porcentual de crianças imunizadas foi o menor em mais de 20 anos.

Neste ano, em evento da Sociedade Brasileira de Imunizações (SBIm), foram apresentados dados do Ministério da Saúde que indicaram que a cobertura de vacinação contra tuberculose e sarampo caiu durante a pandemia de covid-19 e as taxas voltaram aos níveis da década de 1980.

A queda da cobertura vacinal pode levar ao reaparecimento de doenças que já estavam erradicadas, que podem causar sérias consequências para crianças e jovens e até a morte.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil