Saiba mais sobre a variante Mu, nova cepa que chegou ao Brasil

Por Portal do Holanda

18/09/2021 11h45 — em Brasil

Foto: Pixabay/Reprodução

Uma nova variante do coronavírus foi identificada na Colômbia em janeiro deste ano e passou a ser monitorada pela Organização Mundial de Saúde (OMS). A variante Mu contém "uma constelação de mutações que indicam propriedades potenciais de escape da imunidade” ou seja, mais transmissível e capaz de driblar a proteção pela vacina.

No Brasil, a contaminação da variante Mu não é expressiva com apenas um caso no Rio de Janeiro até o momento, mas as diferenças genéticas em relação a outras variantes conhecidas pode representar um risco ä saúde pública mundial, pois as alterações podem ocasionar uma taxa de transmissão mais alta da doença, capaz de superar a proteção através da vacina. Isso faz com que a variante seja menos suscetível ao tratamento disponível. 

A OMS monitora outras 4 variantes de interesse, são elas a Eta, Iota, Kappa e Lambda. Hoje, são 4 variantes de preocupação, a Alpha (identificada no Reino Unido), Beta (na África do Sul), Gama (no Brasil) e Delta (na Índia). 

Sintomas

A nova variante parece ter os mesmos sintomas de todas as outras cepas do novo coronavírus: febre alta, tosse contínua, perda ou mudança no olfato ou paladar são alguns deles.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil