Radialista afirma que ajudou Queiroz a sair de Atibaia para visitar família no Rio de Janeiro

Por Portal do Holanda

22/06/2020 2h34 — em Brasil

Foto: Reprodução

O radialista Márcio Motta, ex-presidente regional do PSL revelou, em entrevista ao Sistema Globo, que levou Fabrício Queiroz de Atibaia, em São Paulo, para o Rio de Janeiro, para visitar família, no ano passado.

"Eu realmente fiz esse percurso, foi para a casa dele no Rio”.  "Ele ficava ali [em Atibaia] o tempo todo, por conta do tratamento (de saúde), tudo, e às vezes dava uma saudade muito grande da família. Ele é um paizão. Uma pessoa que tem muito cuidado com a família”, contou Motta.

O radialista fez outras revelações. Ele relatou que conversava por telefone com o Queiroz e que o ex-assessor de Fávio Bolsonaro foi à Saquarema ver o filho jogar futebol. Ele disputou o Campeonato Carioca Sub-20 pelo clube Sampaio Corrêa. As declarações de Márcio Motta contrariam a versão de Frederck Wassef, que contou que o ex-assessor estava há pouco tempo na casa dele, em Atibaia, onde foi preso na última quinta-feira (18)

Ainda de acordo com o site, o Ministério Público do Rio de Janeiro teve acesso ao número do radialista após as investigações apontarem a um contato “Motta amigo”, no telefone da esposa de Queiroz, Márcia Oliveira.