Queiroga diz que vai reduzir intervalo entre doses da Pfizer no Brasil

Por Portal do Holanda

26/07/2021 9h44 — em Brasil

Frascos de doses contra covid. Foto: Divulgação/ Pfizer

O Ministério da Saúde deve reduzir o intervalo entre a primeira e a segunda dose da vacina da Pfizer no Brasil. A informação foi confirmada pelo ministro Marcelo Queiroga, nesta segunda-feira (26), ao jornal Folha de S. Paulo.

De acordo com o ministro, em vez de esperar três meses pela segunda aplicação, os que foram ou ainda serão imunizados com a vacina receberão o reforço no intervalo de 21 dias.

Este é o intervalo previsto na bula do medicamento. No entanto, no passado, o Ministério da Saúde decidiu ampliá-lo para três meses para conseguir imunizar mais rápido um maior número de pessoas com a primeira dose.

Desde então diversos estudos foram divulgados pelo mundo, informando que a ampliação do intervalo entre as doses era segura. Já outros apontavam que o correto seria seguir as orientações da bula.

Isso significa que mesmo mantido o cronograma de entregas da Pfizer, sem antecipação, será possível a redução, desde que confirmada a capacidade logística da distribuição das ampolas.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil