Siga o Portal do Holanda

Brasil

Professor é acusado de abusar sexualmente alunas da 5ª série. A diretora descobriu

Publicado

em

Um professor de uma escola municipal de Cajati, no Vale do Ribeira, interior de São Paulo, é apontado como suspeito de abusar sexualmente de pelo menos três alunas do 5º ano do Ensino Fundamental.

O docente é suspeito de levar meninas com idades entre 9 e 10 anos para uma sala vazia, durante o intervalo, exigir beijos na boca e colocar a mão nos órgãos genitais das vítimas. A mãe das crianças registraram boletins de ocorrência, e a história chegou na Secretaria de Educação do Município.

Débora Cristiane da Silva, mãe de uma das alunas supostamente abusadas pelo professor, relata que a criança foi chamada pelo homem para uma sala fechada, no intervalo entre as aulas. Ali, de acordo com os relatos da criança, o docente pediu um beijo à garota, antes de colocar uma das mãos por dentro da calcinha.

A mãe da criança soube da história por meio da diretoria da escola, após o retorno das férias escolares, em julho deste ano. “Fui chamada pela diretora da escola. Ela me explicou que a minha filha havia contado a uma amiga sobre o abuso do professor e, por isso, resolveu investigar a história e saber o que, de fato, aconteceu”, conta.

Após a reunião com a diretoria da escola, Débora, a filha e uma das coordenadoras foram à delegacia para fazer um boletim de ocorrência, registraram uma denúncia no Conselho Tutelar da cidade e foram ao Instituto Médico Legal (IML) de Registro, cidade vizinha à Cajati, para fazer um exame de corpo delito.

Antes do relato da criança a uma amiga, a garota havia dado indícios de que poderia ter sido abusada sexualmente. Em junho deste ano, antes das férias escolares, a criança questionou à mãe sobre uma possível gravidez e afirmou à avó que estaria grávida. Ainda sem saber do suposto abuso, a mãe e a avó desconsideraram as perguntas da garota.

+ Brasil

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.