Compartilhe este texto

Prefeito diz que enchentes ocorrem por RS ter poucas igrejas e muitos centros 'que não agradam a Deus'

Por Portal Do Holanda

27/05/2024 16h17 — em
Brasil



 

 

O prefeito de Balneário Barra do Sul (SC), Valdemar Baraúna da Rocha (PP), sugeriu que as enchentes no Rio Grande do Sul – que já afetaram mais de 2 milhões de pessoas, deixando 581 mil delas desabrigadas – ocorrem porque o estado tem menos igrejas do que centros, dando a entender se tratar de religiões de matriz africana. 

“O que está acontecendo lá no Rio Grande do Sul? É aquela enchente. Mas aí nós fomos ver uma estatística aí, e é o estado que menos tem igreja. E lá é centro de, de, de… que não agrada aos olhos de Deus. Será que Deus não está chamando eles a uma responsabilidade", disse o prefeito em entrevista à Rádio FM Litoral, de Santa Catarina. 

A declaração de Valdemar foi criticada nas redes sociais e classificada como crime de intolerância religiosa.
 


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil