Prefeito de Cuiabá é afastado do cargo e chefe de gabinete é preso em operação

Por Portal do Holanda

19/10/2021 9h32 — em Brasil

Emanuel Pinheiro - Foto: Reprodução Redes Sociais

Emanuel Pinheiro, prefeito de Cuiabá, foi afastado do cargo e o chefe de gabinete dele, Antônio Monreal Neto, foi preso na manhã desta terça-feira (19).

Eles são alvos da Operação Capistrum, do MP de Mato Grosso e da Polícia Civil. Emanuel e Monreal são investigados por irregularidades encontradas na secretaria municipal de Saúde de Cuiabá.

A  polícia não revelou exatamente do que se tratam as acusações pelo fato das investigações ainda estarem em curso, mas o prefeito emitiu uma nota se dizendo surpreso com o afastamento e revelando os motivos do mesmo:

“Recebeu com surpresa decisão que gerou afastamento de suas funções em razão de apuração por contratação irregular de servidores da Saúde em Cuiabá”, diz um trecho do documento.

Além de Pinheiro e do chefe de gabinete, a polícia também cumpriu mandados de busca e apreensão contra a primeira-dama de Cuiabá, Marcia Aparecida Kuhn Pinheiro, do Monreal Neto, da secretária adjunta de Governo e Assuntos Estratégicos, Ivone de Souza, e do ex-coordenador de Gestão de Pessoas Ricardo Aparecido Ribeiro. 

Moreal Neto e Ivone, assim como o prefeito, também foram afastados do cargo. Emanuel afirma que está disposto a colaborar com a Justiça e que “está pronto para esclarecer os fatos”.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil