Por carta, Flordelis tentou convercer filho a assumir assassinato do marido

Por Portal do Holanda

19/04/2021 12h17 — em Brasil

Lucas dos Santos depôs por vídeo - Foto: Reprodução TV Câmara

O filho adotivo de Flordelis, Lucas Cézar dos Santos, decidiu contar à Comissão de Ética e revelou que foi a mãe quem pediu para que ele assumisse a autoria do assassinato do pastor Anderson do Carmo, para livrá-la da cadeia.

Em depoimento prestado por videoconferência nesta segunda-feira (19), o jovem, que está preso, afirmou que a pastora enviou uma carta com o pedido:

"Isso veio em uma carta através dos advogados do Flávio. Cheguei no presídio dias depois dele. Ficamos na mesma cela. Minha mãe mandava cartas com frequência para mim. Em uma delas, ela pediu para eu assumir a autoria do crime. Do contrário, ela e o Flávio poderiam ser prejudicados. Ela pediu para eu fazer isso, falando que não iria me abandonar e me daria toda a assistência. Inclusive a carta tinha a assinatura dela", disse Lucas.

Na época, o rapaz afirmou que a carta tinha a assinatura da mãe e foi entregue pela esposa de um policial militar que estava preso na mesma unidade que ele.

Lucas contou ainda que o irmão, Flávio (filho biológico de Flor), rasgou o papel assim que os dois terminaram de ler. Em outro trecho, ele também reitera a participação de Marzy e o motivo que levou Flordelis a planejar o crime:

"Quem entrou em contato comigo pela primeira vez foi a Marzy, em janeiro de 2019. Ela me ofereceu um dinheiro. Falou que o Anderson estava atrapalhando a vida dela, atrapalhando a vida da minha mãe e que ninguém na casa estava suportando mais ele e perguntou se eu não dava um fim nele. Na época, eu estava no tráfico de drogas. Ela me ofereceu o valor de R$ 10 mil e alguns relógios para eu dar um fim nele. E me mandou uns prints (cópias) de conversas dela com a minha mãe", explica.

Em seguida, ele diz que no fim, foi Flávio quem acabou cometendo o crime após pagar R$ 8,5 mil em uma arma comprada de um traficante que Lucas indicou:

"Ele me disse que algumas pessoas estavam ameaçando ele e perguntou se eu conhecia alguém que poderia vender uma arma. Falei que sim, que conhecia alguém”.

Lucas contou também que foi Flordelis quem pagou pelas armas, pois os irmãos não tinham essa quantia e Flávio trabalhava como motorista de aplicativo no Rio de Janeiro. 

Recentemente, Flordelis concedeu uma entrevista onde afirma que foi a filha Marzy que mandou matar Anderson porque teria sido abusada por ele.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil