Siga o Portal do Holanda

Brasil

Polícia investiga se autoridades ajudaram a encobrir João de Deus

Publicado

em

O Ministério Público do Estado Goiás (MP-GO) tem oito denúncias abertas contra João Teixeira de Faria, o João de Deus, e agora trabalha para descobrir se autoridades ajudavam o médium a se livrar de investigações. Um policial militar, uma delegada e um delegado são alvos de investigação.

Segundo o G1 Goiás, depois das denúncias de que autoridades encobriam os crimes de João de Deus, a Polícia Civil mandou um ofício para o MP-GO pedindo provas de que realmente existe essa rede de proteção.

“Diversos relatos de vítimas diversas diligências já revelaram indícios de que o denunciado já acusado João Teixeira de Faria contou sim, durante todo esse tempo, com uma rede de proteção. Rede de proteção composta por autoridades, inclusive, autoridades policiais”, afirmou o promotor Augusto Cezar.

Para o Ministério Público, em todos esses casos, João de Deus sempre teve uma rede de proteção que ajudava a barrar as investigações.

Em um depoimento, o médium confessou que deu R$ 18 mil para o delegado Éder Martins pagar a cirurgia de um sobrinho. Para o MP isso foi propina. O delegado negou.

“Tanto eu quando passei por Abadiânia, quanto meus colegas anteriores e posteriores a mim jamais deixava de fazer qualquer procedimento quanto a João Teixeira. Nunca foi demonstrada qualquer conduta irregular ou criminosa, praticada pelo mesmo”, disse o delegado.

Para o advogado de defesa de João de Deus, Alberto Toron, é preciso cautela ao falar do passado do médium.

“Há casos em que ele foi absolvido e há outros casos que não tem prova alguma do que se fala. Já se falou até que ele fazia tráfico de bebê. Isso não se provou. Tem muita gente falando coisas sem a menor prova”, disse.

 

Sem a ZFM, Amazonas pode se separar do Brasil

-

Para compartilhar esse conteúdo, por favor utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

HORAH H ENTREVISTA: FABIANO CARDOSO DE OLIVEIRA

 Siga o Holanda

Amazonas

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.