Operação da PF cumpre mandado contra deputado Paulinho da Força

Por Portal do Holanda

14/07/2020 7h27 — em Brasil

Foto: Alex Ferreira / Câmara dos Deputados

O deputado Paulinho da Força, do partido Solidariedade de São Paulo, é alvo de uma operação da Polícia Federal na manhã dessa terça-feira (14). Agentes estão no apartamento e no gabinete dele cumprindo mandados de busca e apreensão.

A ordem judicial acontece tanto em Brasília quando em endereços ligados à ele em São Paulo, como a sede da Força Sindical. Contas e bens também já foram bloqueados. No total, são 7 mandados de busca e apreensão.

O político é suspeito de ter recebido doações eleitorais que não foram contabilizadas nas campanhas dos anos de 2010 e 2012. A investigação apontou que a quantia irregular chega a R$ 1,7 milhão.

A Operação Dark Side, primeiro desdobramento da Lava Jato no tocante à Justiça eleitoral de São Paulo, investiga além do deputado, outras seis pessoas que teriam participado do crime.

Entre eles estão o genro de Paulinho que seria sócio em uma empresa de advocatícia que simulava prestar serviços ao político. Essa era apenas uma das formas de lavar o dinheiro segundo a PF. O grupo também usava doleiros para movimentar valores em espécie.

Eles podem receber até 10 anos de prisão.

+ Brasil