Omar Aziz diz que Governo ignorou compra de vacinas e insiste em cloroquina

Por Portal do Holanda

16/05/2021 10h01 — em Brasil

Omar diz que houve omissão - Foto: Jefferson Rudy/Agência Senado

Manaus/AM - O presidente da CPI, Omar Aziz, afirmou que diante dos últimos depoimentos coletados na Comissão, ficou claro que houve sim omissão por parte do Governo na compra de vacinas contra a covid-19.

Segundo o executivo da Pfizer, Carlos Murillo, o presidente Bolsonaro e o Ministério da Saúde receberam ao menos três ofertas para compra de vacinas no ano passado, antes da segunda onda estourar no país.

Mesmo assim, a pasta recusou a negociação. “Não houve nenhum interesse na compra da vacina no primeiro momento, que se apostou muito na imunização de rebanho, kit de cloroquina, ivermectina”, diz Aziz.

Para Omar, o Governo vem de uma sucessão de erros e continua cometendo o maior deles ao insistir no uso da cloroquina como medicação segura e eficaz no tratamento da covid mesmo sem nenhuma comprovação científica:

“O Governo errou desde o primeiro momento. Não apostou no isolamento, no uso de máscaras, no álcool em gel, na vacina, uma série de coisas que teriam ajudado a salvar pessoas. E continuam apostando na cloroquina”, esclarece o senador do Amazonas.

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil