Omar Aziz define regras para acesso a documentos sigilosos da CPI da Covid

Por Portal do Holanda

13/05/2021 21h04 — em Brasil

Foto: Divulgação

O senador Omar Aziz definiu nesta quinta-feira (13), as regras para que documentos da CPI da Covid, considerado sigilosos, possam ser acessados. 

Aziz propôs que o acesso seja totalmente feito por meio eletrônico, onde deverão ser realizados registros de quem realizou pesquisa.

Veja regras:

-Todos os parlamentares membros da CPI poderão cadastrar-se para acessar à documentação sigilosa;

-Os parlamentares poderão, ainda, indicar um assessor para também ter autorização, informando nome completo, matrícula e CPF, por meio de expediente endereçado a esta Presidência;

-O relator poderá indicar até três assessores para acesso aos documentos;

-É permitido o acesso aos servidores da secretaria da CPI, aos consultores legislativos e servidores cedidos por outros órgãos, em decorrência de deliberação da comissão, indicados para assessoramento ao colegiado;

-Deverá ser preenchido e assinado um Termo de Confidencialidade e Sigilo no momento do cadastro;

-O acesso será feito exclusivamente por meio eletrônico, por meio de sistema que mantém registro dos acessos realizados;

-O cadastro para acesso aos documentos restritos deverá ser realizado junto à secretaria da comissão;

-No caso de quebra do sigilo das informações, devidamente comprovada, o responsável estará sujeito, por ação ou omissão, às sanções cabíveis, apuradas na forma da lei.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil