Siga o Portal do Holanda

Discódia no WhatsApp

Mulher pode ter sido assassinada por chamar homens da cidade de cornos

Publicado

em

Foto: Reprodução Facebook

Uma mulher identificada como Rosália Maia, de 32 anos, foi morta esta semana com seis tiros quando seguia para sua residência em uma moto na Cidade de Brejo da Cruz, na Paraíba. Segundo informações, a polícia acredita que o crime pode ter sido motivado porque a mulher costumava enviar áudios no WhatsApp relatando supostas traições de mulheres da cidade.

Segundo o site Yahoo, Nos áudios, Maia destacava o nome dos homens que estariam sendo traídos por suas mulheres e relatava como os adultérios aconteciam. Na tentativa de elucidar o crime, a polícia informou que está analisando os áudios para descobrir os mandantes e os executores de Maia. Ainda de acordo com o site, a polícia informou que há pelo menos cinco procedimentos inquéritos policiais pelos crimes de injúria e difamação.

Em um suposto áudio de Rosália, ela cita nomes de homens supostamente traídos e dá detalhes de como os adultérios ocorriam. “Aqui estoura de três a quatro de uma vez. Menino, aqui tá imoral de corno”, finaliza Rosália.

O hábito, segundo a polícia, fazia com que a vítima não tivesse muitos amigos e por isso o sepultamento do corpo de Rosália, enterrada no Cemitério Municipal de Brejo do Cruz, foi acompanhado por pouquíssimas pessoas. Ela morava com a mãe e tinha dois filhos.

Bolsonaro e Lula são iguais

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.