MPT defende prioridade de vacinação para cuidadores de idosos

Por Portal do Holanda

26/02/2021 23h14 — em Brasil

Foto: Reprodução

Desde o início da vacinação contra a covid-19, cuidadores de idosos e deficientes estão tendo dificuldades para se imunizar. Nesta sexta-feira (26), após receber diversas denúncias.

O Ministério Público do Trabalho publicou nova diretriz e uma nota pública defendendo a prioridade de vacinação desses profissionais.

Para o MPT, independente do tipo de vínculo trabalhista desses cuidadores - informais ou com carteira assinada - as secretarias de Saúde têm que garantir a vacinação.

A procuradora regional do Trabalho Adriane Reis de Araújo explica a importância de se garantir a vacinação desses trabalhadores.

O Rio de Janeiro é um dos locais onde essa dificuldade tem sido encontrada, principalmente pela falta de registro em carteira dos cuidadores. Ana Gilda Soares, presidente da Associação dos Cuidadores do Estado do Rio de Janeiro, explica essa situação.

Ana Gilda também chama a atenção para o grande número de cuidadores que são familiares dos idosos, o que dificulta a comprovação pedida pelos órgãos de saúde.

O mesmo problema está sendo encontrado em outras regiões. Cristina Alves, diretora-superintendente da Associação de Cuidadores da Região Metropolitana de São Paulo, diz que o plano da capital não incorporou as diretrizes nacionais para vacinação destes trabalhadores.

O Ministério Público do Trabalho está orientando que a vacinação ocorra de forma simultânea à dos idosos, em domicílio ou nos postos de saúde. Ainda sugere que os órgãos responsáveis adotem um modelo de declaração ou autodeclaração para atestar a atividade dos cuidadores, garantindo a responsabilidade legal em caso de falsa declaração.

Pelo Plano Nacional de Imunização, do Ministério da Saúde, os trabalhadores da saúde de forma geral estão dentro do grupo prioritário para essa primeira vacinação.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil