MPF abre inquérito civil para investigar atuação de Pazuello

Por Portal do Holanda

22/02/2021 16h48 — em Brasil

Órgão vai apurar ações de ministro em relação ao 'tratamento precoce' e vacinas. Foto: Reprodução

O ministro da Saúde, Eduardo Pazuello, se tornou alvo de inquérito civil aberto pela Procuradoria da República do Distrito Federal que pretende apurar se ele cometeu improbidade administrativa em relação a ações de combate à Covid-19.

O Ministério Público Federal vai investigar se houve ilegalidade no uso de recursos para comprar medicamentos sem eficácia comprovada, baixa execução orçamentária dos recursos no combate à Covid, além de omissão de providências do ministério na compra de vacinas.

O inquérito aberto no âmbito da Procuradoria do Distrito Federal é de natureza civil, e prevê penalidades como a perda da função pública, suspensão de direitos políticos, ressarcimento aos cofres públicos, entre outras. No âmbito penal, Pazuello é investigado em inquérito aberto no Supremo Tribunal Federal.

Já foram enviados ofícios com pedidos de informação ao Conselho Federal de Medicina, ao Ministério da Saúde, ao Exército, aos laboratórios Merck e Pfizer e ao Instituto Butantã.

A decisão da procuradora da República Luciana Loureiro data do dia 19 de fevereiro e prevê uma série de ações relativas ao "tratamento precoce" indicado pelo Ministério da Saúde e à distribuição de vacinas.

O Ministério Público pretende ainda ouvir depoimentos dos presidentes do Conselho Nacional de Saúde, do Conselho Nacional de Secretários Estaduais de Saúde, do Conselho Nacional de Secretários Municipais de Saúde, além dos ex-Ministros da Saúde, Nelson Teich e Luís Henrique Mandetta.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil