Compartilhe este texto

Morto asfixiado em abordagem da PRF era casado e tinha filho de 8 anos

Por Portal do Holanda

26/05/2022 16h46 — em
Brasil


Genivaldo morreu após abordagem da PRF - Foto: Arquivo Pessoal/Reprodução

O homem que morreu asfixiado dentro de uma viatura com gás da Polícia Rodoviária Federal (PRF), em Sergipe, se chamava Genivaldo de Jesus Santos, de 38 anos. O homem era aposentado e sofria de esquizofrenia. Ele era casado e tinha um filho de 8 anos. 

Genivaldo foi abordado por três agentes nesta quarta-feira (25), por volta de 12h, na BR-101 em Umbaúba, sul de Sergipe. Ele estava em uma motocicleta e não possuía CNH.   

No vídeo que circula pelas redes sociais, os agentes olham a documentação do homem, enquanto ele está com as mãos na cabeça, o xingam. 

Já em outra gravação, Genivaldo aparece sendo imobilizado, no chão ele tem as pernas e mãos amarradas. Em seguida, é colocado no porta-malas da viatura com as pernas para fora. 

Uma fumaça começa a sair e o homem grita. O sobrinho da vítima relatou que os policiais usaram spray de pimenta e jogaram um gás com Genivaldo dentro. 

A PRF disse em nota que o homem passou mal durante a condução até a delegacia. Ele foi levado para o hospital onde veio a óbito. O laudo do IML apontou que a morte de Genivaldo foi causada por 'asfixia mecânica e insuficiência respiratória aguda'.

A identidade dos envolvidos não foi revelada. A PRF afirmou ainda que o homem 'resistiu ativamente a uma abordagem' e que 'foram empregados técnicas de imobilização e instrumentos de menor potencial ofensivo para sua contenção'. 



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil