Morre segunda vítima que consumiu cerveja contaminada em Minas Gerais

Por Portal do Holanda

15/01/2020 10h47 — em Brasil

Foto: Ilustrativa

Morreu nesta quarta-feira (15), um homem que estava internado por suspeita de intoxicação, depois de consumir a cerveja Belohorizontina, da Ceverjaria Backer.

A vítima foi diagnosticada com problemas neurológicos e insuficiência renal, causados pelo dietilenoglicol, uma substância tóxica encontrada na cerveja da empresa.

Outras 16 pessoas seguem internadas com os mesmo sintomas em hospitais de Belo Horizonte. Eles são moradores da capital e de lugares como Ubá , Viçosa, Nova Lima, São João Del ReI e São Lourenço.

A polícia investiga ainda, se a morte de uma mulher de 60 anos em Pompéu, também pode ter sido causada pela bebida.


+ Brasil