Compartilhe este texto

Ministério da Saúde amplia acesso a tratamentos antes restritos para transexuais; entenda

Por Portal Do Holanda

21/05/2024 10h16 — em
Brasil


Foto: Divulgação / MDHC

Buscando ampliar o acesso  aos tratamentos da rede pública para pessoas transexuais, o Ministério da Saúde mudou a classificação de gênero para mais de 200 procedimentos no Sistema Único de Saúde (SUS). 

Com isso, homens e mulheres poderão fazer tratamentos e exames que antes tinham restrição de gênero. Entre os 271 procedimentos, estão inclusos vasectomia, tratamentos contra o câncer no útero, parto, mastectomia (retirada das mamas) e exames específicos para a saúde feminina e masculina.

A mudança atende um pedido liminar do Supremo Tribunal Federal (STF) pedido pelo Partido dos Trabalhadores (PT) em 2021. À época, o partido alegou que a restrição impedia pessoas trans de ter acesso aos tratamentos no SUS.


Siga-nos no
O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil