Justiça nega 3º dose de vacina para deputado que também exigia não tomar Coronavac

Por Portal do Holanda

21/07/2021 16h24 — em Brasil

Foto: Divulgação

A Justiça negou para o deputado do Rio de Janeiro, Átila Lins, a liminar em que ele solicitava a 3ª dose da vacina contra a Covid, e também, que não fosse aplicada a Coronavac. produzida pelo Butantan.

Segundo O Globo, o parlamentar diz que não se sente seguro ao tomar a Coronavac, após declarações do ministro da Saúde sobre a suposta baixa eficácia do imunizante.

A Justiça, ao negar, afirmou que não cabe a ela escolher medicamentos, e também, que ao perceber que o deputado já tomou a duas doses, não há justificativa para tomar a terceira de qualquer vacina que seja.

"Merece destaque, ainda, que o referido protocolo definido pelo Ministério da Saúde prevê (item 4.3.5) que ‘indivíduos que iniciaram a vacinação contra a Covid-19 deverão completar o esquema com a mesma vacina. Indivíduos que porventura venham a ser vacinados de maneira inadvertida com duas vacinas diferentes deverão ser notificados como um erro de imunização no e-SUS Notifica (https://notifica.saude.gov.br) e serem acompanhados com relação ao desenvolvimento de eventos adversos e falhas vacinais. Neste momento, não se recomenda a administração de doses adicionais de vacinas COVID- 19’”, diz trecho da decisão da juíza Marianna Bellotti. 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil