Siga o Portal do Holanda

Brasil

Haddad contrata gráfica envolvida em corrupção

Publicado

em

A campanha de Fernando Haddad (PT), contratou a gráfica Print, de Cuiabá (MT), que é investigada por casos de corrupção e que até já teve o dono preso. A empresa é apontada como uma das que recebeu dinheiro desviado do frigorífico JBS, segundo divulgou o Jornal Folha de São Paulo. 

A empresa foi contratada para fornecer conteúdos impressos e adesivos de Haddad, pelo valor de R$ 111 mil, de acordo com dados da prestação de contas do candidato no site do Tribunal Superior Eleitoral (TSE). O dono da gráfica Print é Dami Fernandes Defani Junior, que chegou a ser preso em 2015 durante a operação “Edição Extra”. 

A investigação se tratava de fraudes em licitação de R$ 40 milhões em serviços gráficos para o governo matogrossense. A gráfica passou a ser alvo devido a tentativa de apagar arquivos que comprovavam a prestação dos serviços. 

A assessoria de Fernando Haddad se limitou a informar que segue a lei em relação as despesas de campanha.

Projeto 'ruim prá cachorro' vira Lei no Amazonas

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.