Governadores discutem amanhã compra de vacina russa

Por Agência Brasil / Portal do Holanda

01/03/2021 18h44 — em Brasil

Foto: Divulgação

Depois que o Supremo Tribunal Federal (STF) autorizou Estados e municípios a comprarem vacinas contra o novo coronavírus, governadores vêm a Brasília nesta terça-feira (2) para negociar doses da russa Sputnik V, por meio do Fórum de Governadores.

No Pará, o governador Helder Barbalho já anunciou, via redes sociais, que estará em Brasília nesta terça-feira, junto com outros governadores. Segundo ele, o grupo vai visitar os laboratórios da União Química e o russo Gamaleya, com encontro na embaixada russa para negociar doses da Sputnik V. Helder Barbalho também mencionou que os estados vão receber um novo lote de vacinas pelo Ministério da Saúde.

A busca por doses da Sputnik também é interesse de outros governadores como Paulo Câmara, de Pernambuco, Renato Casagrande, do Espírito Santo, Rui Costa, da Bahia e Camilo Santana, do Ceará, que também devem vir à capital federal nesta terça.

O laboratório União Química já entrou com pedido de uso emergencial da Sputnik V, junto à Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), para 10 milhões de doses. O laboratório havia anunciado que a vacina vai ser produzida nas fábricas de Guarulhos, em São Paulo, e em Brasília. A Sputnik tem eficácia comprovada acima dos 90% contra o novo coronavírus na última etapa de testes.

Na semana passada, o Supremo decidiu que estados e municípios podem comprar e fornecer vacinas a população, caso as doses previstas pelo Ministério da Saúde, por meio do Plano Nacional de Vacinação, sejam consideradas insuficientes. A decisão leva em conta as vacinas aprovadas, por pelo menos uma agência reguladora estrangeira. Com isso, não é necessária a autorização da Anvisa para uso emergencial, se não fizer a liberação em até 72 horas.

No Congresso, o projeto de lei que autoriza estados, municípios e o setor privado a comprarem vacinas contra covid-19 foi aprovado pelo Senado, na última semana e agora segue para a Câmara. 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil