Em aula, professor diz 'se o estupro é inevitável, relaxa e goza'; vídeo Em aula, professor diz 'se o estupro é inevitável, relaxa e goza'; vídeo

Em aula, professor diz 'se o estupro é inevitável, relaxa e goza'; vídeo

Por Portal do Holanda

30/09/2020 21h30 — em Brasil

Foto: Reprodução/Youtube

O médico ortopedista e professor de faculdade de Medicina, Samir Samaan Filho, afirmou durante uma aula online da faculdade Estácio de Sá de Juazeiro do Norte, no Ceará, que "se o estupro é inevitável, relaxa e goza".

 "É aquela coisa assim: se estupro é inevitável, relaxa e goza. Para acabar logo e ficar livre logo disso dai", disse ele, se referindo a uma parte da aula. 

 

 

Samir falou a frase de forma descontraída, como se fosse uma piada, e deixou alunos constrangidos. Ao ser questionado sobre o que disse, ele disse, rindo: . "Nada, esqueçam! Quem escutou, escutou; quem não escutou, deixa para lá. Vamos lá". 

A cena ficou gravada e repercutiu nas redes sociais. 

Segundo o Uol, a Estácio de Sá informou que lamenta o ocorrido e que o professor foi desligado do quadro de funcionários. A faculdade afirmou que entrou em contato com os alunos para prestar esclarecimentos. 

O médico enviou uma nota afirmando que usou "uma frase extremamente infeliz", e que pediu desculpa "ainda na aula" ao perceber o erro. "E entendendo a gravidade, pedi demissão no dia seguinte.". 

Ele também pediu desculpas "aos meus alunos, à minha família, aos meus amigos e colegas de trabalho e a todos que tomaram conhecimento d

+ Brasil