Drauzio Varella pede desculpas à família de menino estuprado por Suzy após saber do crime

Por Portal do Holanda

10/03/2020 18h05 — em Brasil

Após dizer que não se pronunciaria mais sobre o caso, o doutor Drauzio Varella voltou a falar em vídeo publicado nesta terça-feira (10), sobre a sua reportagem para o Fantástico, exibida em 1º de março, onde relata a vida das detentas trans no Brasil. Drauzio pediu desculpas à família do menino que foi estuprado pela detenta.

Drauzio reafirmou que não sabia o crime que ela havia cometido e que não há o que falar, pois “o crime choca a todos nós”. Ele pontuou que estatísticas oficiais indicam que a imensa maioria das trans está presa por roubo e furto e que a forma como ela foi apresentada a ele, o fez pensar que ela fazia parte desse grupo majoritário.

Ainda no vídeo, após pedir desculpas à família da vítima, Drauzio disse que quando Suzy falou que não recebia visitas há oito anos e se virou pra ele com olhar triste, ele ficou comovido e deu um abraço nela “Pra quem acha que eu errei, desculpa.  Mas esse é meu jeito. eu lamento mas assumo totalmente a responsabilidade pela repercussão negativa que o caso teve”, concluiu.

+ Brasil