Compartilhe este texto

Diretora morde criança de 4 anos e manda mensagem aos pais: "não mordi forte"

Por Portal do Holanda

24/06/2022 16h20 — em
Brasil


Foto: Reprodução

O caso aconteceu dentro da escola, que fica no bairro Rubino Marroni, na última terça-feira (21). Segundo a mãe do menino, a diretora da instituição encaminhou gravações em áudio para o celular do pai da criança, ao final do dia de aula, por volta das 17h, informando ter dado a mordida e justificando a razão de ter feito isso.

A diretora de uma escola infantil é suspeita de ter mordido a mão de um aluno de 4 anos, e depois ter enviado um áudio para os pais justificando. O caso teria acontecido na terça-feira (21), em Tenente Portela, no Rio Grande do Sul.

A mãe da criança disse que ela e o marido chegaram tarde em casa por conta do trabalho, e logo que viram, enviaram uma mensagem questionando sobre o que teria acontecido com o filho.

Em um áudio, segundo a mãe, a gestora respondeu: Com certeza, mãe. Eu, como diretora, não deveria ter feito o que fiz. Não mordi forte, só apertei, como quando a gente brincava, quando criança, de fazer reloginho no amiguinho que estava brincando. Só isso que eu fiz", dizia parte da gravação gravação.

Já em outro áudio, ela explicou a ‘motivação’ para o ao: “Mas, infelizmente, eu tinha vontade de morder de verdade. Porque o seu filho foi muito mal criado com os coleguinhas hoje".

Por fim, ela pede para mãe comparecer na unidade de ensino:  "Me procure em horário de expediente que a gente conversa. Porque uma criança assim é complicado trabalhar, tá? Vou te dizer, bem sinceramente", termina a gravação.

Com medo que uma nova agressão ocorresse, a genitora foi até a Secretaria Municipal de Educação para trocar o filho de escola. A princípio, foi informado que não haveria vaga, mas ao escutar o áudio, a responsável pelas matriculas conseguiu uma transferência.

Um processo administrativo foi aberto para apurar o caso.



O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil