Dezesseis cidades brasileiras voltarão às urnas para eleger prefeitos

Por Portal do Holanda

27/02/2021 16h50 — em Brasil

Datas foram definidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE). Foto: Agência Brasil

Dezesseis cidades brasileiros deverão voltar às urnas a partir de março para eleições suplementares, de acordo com datas definidas pelo Tribunal Superior Eleitoral (TSE).

No dia 7 de março, sete municípios de São Paulo vão retomar o calendário de votação. Em 11 de abril, outros dois municípios vão realizar eleições. Na mesma data, os eleitores de Santa Maria Madalena e Itatiaia, no Rio de Janeiro voltarão às urnas. Outras cinco cidades de Alagoas, Mato Grosso, Minas Gerais e Paraná seguem a mesma data do Estado do Rio.

Levantamento feito pelo Grupo Globo aponta que em Itatiaia, cidade do Sul Fluminense, a eleição foi determinada pelo TSE após a Corte considerar que o candidato mais votado nas eleições municipais do ano passado, o ex-prefeito Eduardo Guedes (PSC), caso fosse empossado, exerceria o terceiro mandato consecutivo, o que não é permitido pela Constituição Federal.

Com 8.908 eleitores, Santa Maria Madalena, na Região Centro-Norte Fluminense, teve a eleição suplementar definida após o TSE indeferir o registro da candidatura de Clementino da Conceição (PL), candidato mais votado, por “ato doloso de improbidade administrativa que importe lesão ao patrimônio público e enriquecimento ilícito”.

O dia 5 de março será o prazo limite para os registros de candidaturas em Itatiaia e Madalena. A propaganda eleitoral em ambas as cidades começa no dia 6.

Outras duas cidades fluminenses também poderão ter novas eleições municipais marcadas: Petrópolis, na Região Serrana, e Silva Jardim, na Baixada Litorânea. Na maior cidade da Serra, o deputado estadual Rubens Bomtempo (PSB), candidato mais votado, não conseguiu voltar à prefeitura de Petrópolis para exercer o quarto mandato.

O ex-prefeito teve o registro de sua candidatura indeferido. Bomtempo foi condenado numa ação civil pública, ajuizada pelo Ministério Público, por improbidade administrativa.

Já em Silva Jardim, Jaime Figueiredo (PROS) teve a candidatura indeferida porque sua legenda estava com o CNPJ inválido na convenção partidária. Ambos os políticos recorreram das decisões e ainda aguardam decisão do TSE.

Em São Paulo, as cidades de Apiaí, Campina de Monte Alegre, Itaoca, Leme, Piacatu, Santo Antônio do Jardim e Trabiju terão eleição suplementar no próximo dia 7. Nesses municípios, a propaganda eleitoral já começou.

Em Anhembi e Cajati, também no estado, o pleito será em 11 de abril, mesmo dia em que ocorrerão novas votações em Campo Grande, Alagoas; Torixoréu, em Mato Grosso; Espera Feliz e Campestre, em Minas Gerais; e Munhoz de Melo, no Paraná.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil