Cristiano Carvalho diz que não recebeu ou compactuou com pedido de propina

Por Portal do Holanda

15/07/2021 10h21 — em Brasil

Cristiano Carvalho - Foto: Reprodução/ TV Senado

À CPI, o representante da Davati Medical Supply no Brasil Cristiano Carvalho negou que tenha recebido propina envolvendo a compra de vacinas AstraZeneca. 

"Atuei somente como vendedor no Brasil. Não compactuei com pedido de propina ou coisa parecida. Não presenciei e não tenho nada para narrar sobre isso. Todas as perguntas factíveis a negociações do Ministério da Saúde e empresa Davati me comprometo a responder sem deixar nada em aberto", disse. 

A empresa entrou na mira da CPI após o policial Dominghetti revelar o suposto pedido de propina de US$ 1 por dose por Roberto Dias, ex-diretor do Ministério da Saúde. 

Durante depoimento ele também confirmou reunião na pasta com Elcio Franco. 

 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil