CPI: Omar condena hipocrisia na web e diz que 425 mil mortos é humilhação

Por Portal do Holanda

12/05/2021 15h18 — em Brasil

O ex-secretário de Comunicação do governo Bolsonaro, Fabio Wajngarten, depõe nesta quarta-feira (12), à CPI da Covid, para prestar esclarecimentos sobre sua participação no atraso da compra de vacinas para o país.

A sessão contou com uma breve discussão entre o presidente da comissão, senador Omar Aziz e o senador Eduardo Girão, que afirmou que Wajngarten estaria sendo humilhado pela comissão. 

“Senador Eduardo Girão, o senhor me desculpe. Ele não tá sendo humilhado, ele tá sendo bem tratado. Sabe o que acontece? Humilhado é 425 mil mortes nesse Brasil. Essas pessoas estão sendo humilhadas porque não tem vacina no Brasil, essas pessoas estão sendo humilhadas. Ele (Wajngarten)? Ele tá muito bem protegido, todo mês ele tem o dinheiro dele pra comer. Que humilhação? Humilhação é o povo pobre que não tem dinheiro pra comer rapaz! Não é assim não, Eduardo! ‘Devagar’, ninguém tá humilhando ele, eu não humilho ninguém, você me conhece, eu sou uma pessoa boa. Eu disse lá dentro, eu não quero fazer isso porque a essa altura a família dele tá assistindo, as filhas dele estão assistindo e eu me coloco no lugar dele! Longe de mim querer humilhar alguém aqui. Agora, não dá pra esquecer as mais de 400 mil vidas! É isso que eu estou dizendo! O que estamos querendo extrair dele é o que ele falou na Veja. E é verdade, ele não falou do Pazuello, você (Wajngarten) falou da equipe, você disse que a equipe era incompetente, ele não citou nomes, na entrevista ele fala ‘A equipe do Ministério da Saúde é incompetente’, ele não falou Pazuello, eu perguntei até errado.” disse Omar, ao afirmar que o ex-secretário não estava sendo humilhado.
 
O presidente da comissão concluiu, pedindo para que Girão não o acusasse de estar humilhando alguém e condenou a hipocrisia na internet: “Não faça isso, não queira vitimizar ele. Não faça isso! Nas redes sociais não tem vítimas.Todo mundo é santo, todo  mundo é família. Mas por trás das bocas, a gente sabe muito bem o que acontece. Os hipócritas do Twitter que se ajoelham, que pedem ‘pelo amor de Deus’. Esses hipócritas é que são responsáveis por isso, não é ele (Wajngarten), não.”finalizou.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil