Covid: mais de 90% dos pacientes internados no RN usaram ivermectina

Por Portal do Holanda

23/02/2021 12h22 — em Brasil

Farmacêutica responsável pela produção do medicamento já anunciou que não ha comprovação de eficácia. Foto: Reprodução

A médica infectologista Marise Reis, membro do comitê científico do Rio Grande do Norte, afirmou em entrevista à televisão nesta terça-feira (23) que mais de 90% dos pacientes internados nas UTIs com Covid-19 no estado tomaram remédios sem eficácia comprovada contra a doença, como a ivermectina.

Marise criticou o incentivo ao uso do medicamento pelo prefeito de Natal, Álvaro Dias (PSDB), que é médico. “Essa defesa nesse momento é um acinte. É um acinte ao conhecimento médico, ao conhecimento científico. É inaceitável", declarou.

A farmacêutica Merck, responsável pela fabricação do vermifugo, já anunciou que não há dados que comprovem a eficácia do medicamento contra a Covid-19.

“Não adianta a população, as pessoas, se esconderem por trás de um comprimido de ivermectina, achando que ele vai te proteger. Não vai. A literatura já é clara em relação a isso. Não há evidências de que esse medicamento protege contra a Covid. Então, o apelo que nós fazemos é: não tome remédio e saia por aí achando que você não vai adoecer", alertou Marise.

O Rio Grande do Norte enfrenta alta no número de internações por Covid-19, e tem cerca de 90% dos leitos críticos ocupados tanto nos hospitais da rede pública como nos da rede privada em Natal e região metropolitana. Nessa segunda-feira (22), o governo do estado enviou pacientes por avião para Mossoró, na região Oeste do estado.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil