Conselho da Petrobrás vota indicação de Luna para comando da empresa

Por Portal do Holanda

23/02/2021 10h19 — em Brasil

Mudança gerou perda de R$ 100 bilhões em valor de mercado da empresa desde a última sexta-feira (19). Foto: Divulgação

Onze membros do conselho de administração da Petrobras se reúnem nesta terça-feira (23) para votar a indicação do general Joaquim Silva e Luna para a presidência da empresa, anunciada pelo presidente Jair Bolsonaro (sem partido) na semana passada.

Bolsonaro poderá ser processado caso mantenha sua decisão e a maioria vote contra a medida. A mudança gerou perda de R$ 100 bilhões em valor de mercado da Petrobrás desde a última sexta-feira (19) e pode anular uma lei criada em 2016 para regulamentar empresas estatais de economia mista.

Fontes consultadas pelo Estado de São Paulo afirmam que o voto tem de ser justificado em bases técnicas, nos negócios da companhia e seu desempenho. Os conselheiros que votarem a favor da indicação de Bolsonaro também poderão ser responsabilizados pelo voto.

O abuso de poder é configurado a partir dos prejuízos ou estresse financeiro que a empresa sofreu devido à troca de comando. A Lei das SAs, à qual as empresas de capital misto com ações em Bolsa se submetem, prevê que a União deve usar o poder para que a empresa realize seu dever social.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Brasil