Compartilhe este texto

Ciência e Tecnologia recua e anula atos que suspendiam trabalho presencial

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

18/01/2022 6h13 — em
Brasil



O Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações anulou seis portarias que suspendiam o trabalho presencial de órgãos vinculados à pasta "em função do elevado número de casos confirmados de covid-19 na última semana entre os servidores e colaboradores que retornaram às atividades presenciais".

O ato que torna sem efeito as decisões foi publicado nesta segunda-feira, 17, em edição extra do Diário Oficial da União (DOU), depois de quatro delas teriam sido divulgadas pela manhã. O documento não explica por que o governo recuou da determinação. O Ministério da Ciência e Tecnologia é chefiado pelo astronauta Marcos Pontes, um dos ministros mais alinhados ao presidente Jair Bolsonaro.

As portarias de ontem, agora canceladas, autorizavam a suspensão das atividades presenciais, exceto as consideradas essenciais, no Instituto Nacional de Pesquisas Espaciais (INPE), no Laboratório Nacional de Astrofísica (LNA), no Centro Nacional de Monitoramento e Alerta de Desastres Naturais (CEMADEN) e no Instituto Nacional de Tecnologia (INT). Na semana passada, a pasta já tinha editado portarias para barrar o trabalho presencial no Museu de Astronomia e Ciências Afins (Mast) e no Observatório Nacional (ON).


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Brasil

+ Brasil