Brasil contabiliza média diária de 517 óbitos pela covid-19

Por Estadão Conteúdo / Portal do Holanda

28/11/2020 18h47 — em Brasil

A média móvel diária de mortes causadas pelo novo coronavírus no Brasil ficou em 517 neste sábado, 28. O valor considera as oscilações de registros de óbitos dos últimos sete dias e elimina distorções entre um número alto de meio de semana e baixo de fim de semana.

Segundo o consórcio de veículos de imprensa, formado pelo jornal O Estado de S. Paulo, G1, O Globo, Extra, Folha de S.Paulo e UOL, foram registrados nas últimas 24 horas 52.084 novos casos e 639 óbitos segundo levantamento realizado neste sábado, em conjunto com as secretarias estaduais de Saúde.

A região Sul foi responsável por 45% dos registros de testes positivos.

No total, são 172.637 brasileiros mortos pela doença desde o início da pandemia, em fevereiro. Já o número de casos subiu para 6.290.160.

O balanço do Ministério da Saúde, por sua vez, aponta que há 5.562.539 recuperados e outros 555.172 que seguem em acompanhamento.

Conforme contagem da Universidade Johns Hopkins (EUA), o Brasil é o terceiro país mais afetado pela pandemia em número de contaminados. Está atrás de Estados Unidos e Índia, que ocupam a primeira e segunda posição, respectivamente.

No total de óbitos, o Brasil é o segundo país com mais mortos, atrás apenas dos EUA, que registrou 265.938 mortes por covid-19.

Parceria

O balanço de óbitos e casos é resultado da parceria entre os seis meios de comunicação que passaram a trabalhar, desde o dia 8 de junho, de forma colaborativa para reunir as informações necessárias nos 26 Estados e no Distrito Federal.

De forma inédita, a iniciativa foi uma resposta à decisão do governo Bolsonaro de restringir o acesso a dados sobre a pandemia e se manteve mesmo após a manutenção dos registros governamentais.

De acordo com o Ministério da Saúde, 51.922 novos casos de infecção pela covid-19 e 587 óbitos foram registrados nas últimas 24 horas.

Ao todo, 6.290.272 pessoas se infectaram e 172.561 faleceram em decorrência do novo coronavírus.

Os números diferem dos compilados pelo consórcio de veículos de imprensa principalmente por causa do horário de coleta dos dados.


+ Brasil