Bolsonaro anuncia Renda Cidadã, que substituirá Bolsa Família

Por Portal do Holanda

28/09/2020 15h10 — em Brasil

Foto: Alan/ PR

O presidente Jair Bolsonaro afirmou na manhã desta segunda-feira (28), que pretende usar parte dos recursos do novo Fundeb (Fundo de Manutenção e Desenvolvimento da Educação Básica e de Valorização dos Profissionais da Educação) e de precatórios, para Renda Cidadã, projeto que substituirá o auxílio emergencial e o Bolsa Família. Ainda não foi divulgado o valor que as famílias beneficiadas deverão ganhar.

Segundo apuração da UOL, o Renda deverá ser uma continuação do auxílio emergencial e será apresentado na PEC (Proposta de Emenda à Constituição) emergencial com duas fontes de receita. A primeira fonte são até 5% dos recursos novos do Fundeb, aprovados pelo Congresso; já a outra deverá vir de recursos atualmente destinados ao pagamento de precatórios, que são valores devidos pelo governo a pessoas físicas ou empresas após sentença definitiva na Justiça. 

“Estamos buscando recursos com responsabilidade fiscal e respeitando a lei do teto de gastos. Nós queremos demonstrar à sociedade e ao investidor que o Brasil é um país confiável”, disse o presidente Jair Bolsonaro, em declaração à imprensa após reunião com ministros de Estado e líderes partidários, no Palácio da Alvorada.