Após ser baleada pelo namorado, jovem escreve com o sangue declaração de amor

Por

13/06/2014 10h26 — em Brasil

Fabrício de Souza foi preso no Espírito Santo, acusado de matar a tiros a própria namorada.

Thamires Santos de Miranda, foi morta dentro de casa e ao ser atingida pelo namorado escreveu no chão com o próprio sangue uma declaração de amor para o seu assassino.

Fabrício confessou para a polícia de que foi o autor do crime e que tudo se deu porque Thamires era muito ciumenta. Confessou ainda que após ter matado a namorada, trocou a arma por drogas.