Amapá decide suspender campanha eleitoral após aumento de casos de covid-19

Por Portal do Holanda

28/10/2020 7h27 — em Brasil

Amostras de sangue com resultado positivo para covid- Foto: Ilustrativa

Com o aumento preocupante do número de casos da covid-19 no estado do Amapá, o Governo decidiu suspender por 7 dias a realização de campanhas políticas  de rua que provoquem aglomerações.

Na noite dessa terça-feira (27), Governo e a Prefeitura de Macapá divulgaram uma série de outras medidas restritivas que tentar conter a proliferação do vírus e os novos casos da doença.

Além de proibir as atividades de campanhas eleitorais, os órgãos também determinaram que bares, balneários e casas de shows suspendam o funcionamento  dos estabelecimentos.

Supermercados e comércios afins terão o horário de atividade reduzido. As medidas começaram a valer hoje e podem ser prorrogadas caso as autoridades julguem necessária. No Amazonas, o governador Wilson Lima também prorrogou o decreto que suspende o funcionamento de bares, balneários e casas de shows (sítios, boates e etc).

O estado está com mais de 90% dos leitos de UTIs ocupados. O Governo cogita reabrir outras unidades hospitalares para o atendimento para pacientes infectados com a covid.