Siga o Portal do Holanda

Estava com comitiva presidencial

Sargento da FAB condenado por tráfico na Espanha continua recebendo salário de R$ 8 mil

Publicado

em

Foto: Divulgação Foto: Divulgação
Foto: Divulgação

O sargento da Força Aérea Brasileira, Manoel Silva Rodrigues que foi flagrado com 37 Kg de drogas ao desembarcar na Espanha em um voo da comitiva do presidente Jair Bolsonaro, continua recebendo salárioda FAB, mesmo sem trabalhar.

Mesmo condenado a mais de seis anos prisão pela Justiça Espanhola, todos os meses, Manoel recebe R$ 8 mil. Segundo o site Uol, em novembro do ano passado, o sargento chegou a receber R$ 14,5 mil por conta do salário somado aos bônus natalinos.

Questionada sobre a situação, a FAB alegou que abriu um processo de exclusão do militar de seu quadro funcional e que o condenado foi informado sobre isso. Porém, o desligamento do mesmo só pode ocorrer quando o processo judicial dele não couber mais recurso.

Rodrigues foi condenado na Espanha, mas também está respondendo acusação na Justiça Militar no Brasil. Ele deve participar de uma audiência no próximo dia 20 de agosto, por meio de videoconferência.

O militar foi preso em junho de 2019, quando tentou entrar na Espanha transportando 37 Kg de cocaína em uma mala. Na época, ele fazia parte de uma comitiva que acompanhava Bolsonaro em uma viagem oficial ao país, mas não estava no mesmo voo que o presidente.

A  Justiça espanhola acredita que ele tenha tentado usar do acesso diplomático da comitiva para entrar no país sem levantar suspeita e que ele possa ter cometido o mesmo crime outras vezes.

Já leu estas ?

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2020 Portal do Holanda.