Siga o Portal do Holanda

Eleições 2018

Haddad afirma que Bolsonaro é 'figura sem importância' e que Mourão é 'torturador'

Publicado

em

O candidato à presidência pelo PT, Fernando Haddad, afirmou nesta terça-feira (23) em entrevista a jornalistas do jornal O Globo, que vê o seu adversário Jair Bolsonaro (PSL) como uma 'figura sem importância' e ‘rebotalho da ditadura’. Na mesma entrevista, o petista chamou o vice do capitão do Exército, general Hamilton Mourão, de 'torturador'. 

"Eu fiz a minha parte para defender o que considero um projeto democrático de país, contra aquilo que considero que será um grande atraso, um retrocesso retumbante no país, que é a vitória de um rebotalho da ditadura, que é o que sobrou dos porões. O (Hamilton) Mourão foi ele próprio torturador. Então eu acho que deveria causar temor em todos os brasileiros minimamente comprometidos com a democracia no Brasil”, declarou o  o petista.

Quando foi indagado sobre a "sensação de medo” de um possível golpe militar, Haddad considerou Bolsonaro como um “soldado de araque”, mas teme pelas companhias dele, como  o general Mourão, a quem ele chamou de “torturador”. 

"Uma minoria do Exército tem essa ambição (de golpe militar)? Tem. Aeronáutica e Marinha eu acho que não. A gente não sabe o tamanho desse burburinho, o potencial dele. Por isso que o Bolsonaro não pode ser eleito. Para quê correr esse risco? - indagou Haddad.

Professores x Governo: Lições de como acabar com uma greve

Para compartilhar esteconteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.