Fátima Bernardes revela ser a favor da legalização de drogas e aborto

Por Portal do Holanda

19/06/2020 22h01 — em Famosos & TV

Foto: Reprodução/Instagram

Em entrevista à revista Veja nesta sexta-feira (19), Fátima Bernardes, 57 anos, abordou assuntos polêmicos e afirmou que apesar de se considerar 'careta', é a favor do direito de escolha das pessoas: 

Ao ser questionada sobre descriminalização de drogas, ela disse: "É um assunto com prós e contras, mas sou a favor da legalização. Além de frear o tráfico e diminuir a violência, facilitaria o uso medicinal da maconha, um tema que enfrenta preconceito. Eu sou bem careta. Nunca experimentei droga. Nunca tomei um copo de chope na vida. No máximo bebo um pouquinho de vinho socialmente. Mas acredito firmemente no direito de escolha das pessoas para sua própria vida".

Sobre o aborto, a apresentadora seguiu o mesmo raciocínio: "Sou, pelo mesmo motivo. Pessoalmente, com a estrutura que sempre tive em família, não faria. Mas ninguém tem o direito de decidir sobre as opções do outro.".

Fátima também foi questionada acerca do feminismo, e afirmou: "Sou feminista, sim, por ter lutado por meus espaços desde sempre. Quando fui fazer o Jornal da Globo, por exemplo, as apresentadoras não narravam gol. Eu era louca por futebol e consegui mudar isso.".

Em relação à sua posição política, a ex-Jornal Nacional afirma: "Não gosto da qualificação direita ou esquerda. Eu me considero humanista, com ideias progressistas.". 

No bate-papo, Fátima também falou sobre a liberdade de imprensa e comentou a investigação sobre as fake news, das quais ela foi uma das vítimas: "Inventaram que eu tinha reformado a casa e dado 350 000 reais ao Adélio Bispo, autor da facada em Bolsonaro. Fiz um post desmentindo. Em outra ocasião, discuti no ar a questão da ética médica, circulou nas redes que eu defendia bandidos e rebati no próprio programa. A investigação em torno das fake news é urgente. É inacreditável como se apoderam dos canais de informação e veiculam o que bem entendem, de forma desonesta e irresponsável.". 


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

+ Famosos & TV