Siga o Portal do Holanda

Bruna Marquezine e mais

Assessora de Bolsonaro era personal trainer de famosos e atendia em horário de expediente

Publicado

em

Foto: Reprodução

Depois do motorista que movimentou R$ 1,2 milhão, do assessor que recebia salário da Alerj enquanto estava há mais de 8 meses em Portugal, e da assessora que foi flagrada vendendo açaí em horário de expediente, mais uma situação envolvendo a família Bolsonaro foi divulgada nesta sexta-feira (14), pela Folha de S. Paulo, pelo site o Antagonista e pelo G1.

A filha de Fabrício José de Queiroz, ex-assessor de Flávio Bolsonaro citado em relatório do Coaf, Nathalia Melo de Queiroz, foi secretária parlamentar de Jair Bolsonaro entre dezembro de 2016 e outubro de 2018, e no horário em que deveria cumprir o expediente na Câmara dos Deputados, trabalhava como personal trainer de celebridades.

Nas redes sociais, ela aparece integrando a equipe do personal trainer de famosos Chico Salgado, responsável por treinos de Bruna Marquezine, Bruno Gagliasso, Giovanna Lancelotti, entre outros.

O nome de Nathalia foi divulgado após o relatório do Conselho de Controle de Atividades Financeiras (Coaf),  apontar a movimentação atípica na conta do pai da jovem, Fabrício José de Queiroz, que foi motorista do gabinete de Flávio Bolsonaro até outubro deste ano.

Segundo as publicações, 'Nat Queiroz' também trabalhou no gabinete de Flávio Bolsonaro e recebia R$ 10.502,00 por mês. Ela transferiu, dentro de 13 meses, a quantia de R$ 84.110,00 para a conta do pai.

Conforme o G1, o posto que Nat ocupava no gabinete de Jair Bolsonaro era nível SP 20, lhe garantindo uma renda bruta mensal de R$ 10.088,42, com rendimentos líquidos de R$ 7.733,21, e que exigia pelo menos 40 horas semanais de trabalho, consistindo em redação de correspondência, discurso e pareceres do parlamentar, serviços de secretaria e datilográficos, pesquisas etc.

O G1 conversou com clientes e empregadores de Nathalia como personal trainer, no Rio de Janeiro, todos disseram não saber que ela ocupava um cargo no gabinete de Jair Bolsonaro e até se mostraram chocados com a informação. Uma das clientes, que pediu para não ser identificada, confirmou que foi atendida por Nathalia em horário comercial e dias úteis entre 8 e 10 da manhã, por um período em 2017, quando ela já era secretária parlamentar de Jair Bolsonaro.

Nathália aparece ainda em vídeos do aplicativo BTFit, da academia Bodytech, com instruções visuais para exercícios físicos, e na época da divulgação do vídeo, ainda era lotada no gabinete de Flávio Bolsonaro, na Aleam, assim como em 2011 e 2012, período em que trabalhou como recepcionista da Bodytech no Rio de Janeiro.

No último domingo (9), questionado sobre a funcionária em entrevista coletiva, o presidente eleito Jair Bolsonaro se irritou:  "Ah, pelo amor de Deus! Pergunta para o chefe de gabinete. Eu tenho 15 funcionários comigo", disse.

Recentemente, a personal trainer, que aparecia em fotos treinando famosos, apagou todas as suas contas das redes sociais. Ela não retornou o contato da reportagem do G1.

Flávio Bolsonaro, por meio de sua assessoria, afirmou que não  há "qualquer ilegalidade ou irregularidade" na atuação da funcionária no gabinete.

 

 

Presença de Anitta em Parintins mostra o lado ruim da política

Para compartilhar esteconteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.


Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.