Compartilhe este texto

Homem grava cobra comendo a si mesma; vídeo impressionante

Por Portal do Holanda

15/01/2022 12h08 — em
Bizarro


Foto: Pixabay

Alguns internautas são fascinados por vídeos de animais, principalmente quando se trata de répteis como cobras. Mas esse vídeo justifica sua viralidade no Youtube e nas redes sociais. O vídeo bizarro mostrando uma cobra comendo a si mesma foi o suficiente para fazer essa "tendência" ressugir nas principais redes sociais como Instagram e Twitter.

Este vídeo foi postado no YouTube em 12 de junho de 2019 por Rob Clark Venitox em seu canal oficial, mas recentemente voltou a ser viral. Assista o vídeo:

O que chamou a atenção dos internautas, além da atitude das cobras, é tudo o que os biólogos fizeram para resolver esse problema. A cobra pode ser vista comendo sua própria cauda. No entanto, o comprimento do corpo que engoliu só foi revelado depois que seu dono usou um truque muito estranho para parar a cobra. 

Rob Clark, que esfregou um pouco de desinfetante para as mãos na cabeça do réptil, disse que as cobras não gostam de tocar no produto.

Assim que ele aplicou o desinfetante na cobra, ele cuspiu todo o corpo que ela havia engolido. Rob menciona que acidentalmente colocou o desinfetante nos olhos da cobra, não na cabeça, e é por isso que ela pode ser vista estremecendo.

Ele então esclareceu que ela têm escamas claras para proteger os olhos dos desinfetantes. "A cobra se recuperou rapidamente do incidente. Dei-lhe um banho e ela foi comer", escreveu ele.

"Esse tipo de coisa acontece ocasionalmente com kingsnakes, elas tendem a comer outras cobras. No entanto, não sabemos por que ela tentou comer sozinha. Esta cobra em particular foi devidamente alimentada e não passou fome.", disse o homem a Metro Jornal.


O Portal do Holanda foi fundado em 14 de novembro de 2005. Primeiramente com uma coluna, que levou o nome de seu fundador, o jornalista Raimundo de Holanda. Depois passou para Blog do Holanda e por último Portal do Holanda. Foi um dos primeiros sítios de internet no Estado do Amazonas. É auditado pelo IVC e ComScore.

ASSUNTOS: Bizarro

+ Bizarro