Cabo da PM é assassinado e Belém vira praça de guerra: oito bandidos mortos

Por Portal do Holanda

05/11/2014 8h26 — em

Belém/Pa - Belém amanheceu está quarta-feira em choque.  corpos eram levados para o Instituto Médico Legal depois de uma longa noite de conflitos entre bandidos e policiais, O confronto começou com o  assassinato   do cabo da PM Antônio Figueiredo, baleado quando não estava em serviço em uma emboscada na noite de terça. O caso se espalhou na Intnernet e foi um dos mais comentados durante a noite de terças nas redes sociais. 

O cabo  Antônio Figueiredo, assassinado


 

Em resposta a denúncias   de que estaria ocorrendo uma chacina na capital paraense em represália à morte de Figueiredo, as polícias Militar e Civil do Estado convocaram uma coletiva de imprensa para a manhã desta quarta para esclarecer o caso.

Em nota, a corporação informou que dos oito homicídios, quatro aconteceram no bairro Terra Firme, um no Marco, um no Guamá, um no Jurunas e um no Sideral. Segundo a PM, as vítimas aguardam identificação e a Divisão de Homicídios da Polícia Civil vai investigar se há relação entre as mortes. Mas informaçoes extra-oficiais dáo conta que o número de mortos passa de 20. 

A Polícia Militar também criticou a disseminação do que definiu como "boatos nas redes sociais", onde chegaram a postar imagens das vítimas da boate Kiss como se fossem dos homicídios em Belém, e prometeu apurar os responsáveis por espalhar “informações inverídicas, segundo ela, inveridicas. 

+