Siga o Portal do Holanda

Governador do Amazonas inverte a lógica e faz pobre pagar a conta

Publicado

em

O governador Wilson Lima finalmente apresentou um ‘flash’ do modo novo de governar que ele prometeu em campanha. Para aprovar o projeto de lei que destina 40% dos recursos do FTI, para pagar dívidas da saúde, ele inverteu a lógica: o primo pobre pagará as contas do primo rico.

A proposta destinava 15% (52 milhões) dos R$ 874 milhões do FTI para 11 municípios de gestão plena de saúde. Prefeitos reagiram e ganharam 20% (R$ 70 milhões) para atender os 61 municípios.

Governo e base aliada comemoraram a ‘participação’ dos prefeitos, (que vão pagar R$ 280 milhões para tirar o governo do ‘atoleiro’), do que propriamente a aprovação do projeto.  

Com essa divisão, enquanto o governo livra a cara com as dívidas milionárias da saúde , cada prefeitura terá em média R$ 1,163 milhão, para investir numa saúde já falida.

Mesmo sabendo que foram ‘engabelados’ mais uma vez com a usurpação dos recursos arrecadados para investir no interior, muitos prefeitos nem reagiram, temendo represália. 

OMISSAO DOS PREFEITOS

Mas o eleitor vai cobrar dos prefeitos  essa omissão em 2020. Quem for candidato à reeleição vai ter que explicar essa omissão. Quem não, for terá dificuldade em indicar um sucessor.

GOVERNADOR TAMBÉM OMITE

O governador Wilson Lima está pronto para socorrer os hospitais privados em crise.   A pretexto de proteger a população contra  vírus da gripe  ele vai contratar leitos na rede privada, quando o estado dispõe de 350, sem utilização, no hospital Delphina Aziz.

LAVA JATO NO AMAZONAS ?

A presença do procurador Alexandre Jabur na Força Tarefa da Lava Jato, em Curitiba, sinaliza que os procuradores da República que atuam no caso que envolve pagamento de  propina a políticos em estatais,  voltaram  o olhar para o Amazonas. Um procurador com visão regional  e com êxito em ações como a Maus Caminhos, acaba sendo um aliado importante nessa tarefa.

FORÇA TAREFA

Agora o Ministério Público Federal  terá no comando da ‘Maus Caminhos’ os  procuradores Thiago Pinheiro Correa e Armando César Marques de Castro, que darão sequência as investigações.

JABUR NO AMAZONAS

Jabur notabilizou-se por ter identificado, com apoio do Ministério Público de Contas, Controlaria Geral da República e Polícia Federal, um esquema de desvio de recursos na saúde do Amazonas.

@@@

A investigação resultou em prisões de empresários, secretários de estado e do ex-governador José Melo.

@@@

A ultima atuação do procurador ainda no caso foi esta semana,  quando fez nova denúncia, apontando o núcleo jurídico da quadrilha, capitaneado,  segundo Jabur, pelo advogado  Lino Chixaro.

+ BASTIDORES DA POLÍTICA

Para compartilhar este conteúdo, utilize o link ou as ferramentas oferecidas na página. Textos, fotos, artes e vídeos do Portal do Holanda estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral.

Copyright © 2006-2019 Portal do Holanda.